Menu


Envagelhos no Lar - INSTRUÇÕES

07 DEZ 2016
07 de Dezembro de 2016

· O que é

É uma reunião simples e muito importante de familiares com a finalidade de realizar estudos e reflexões sobre os ensinamentos de Jesus.

 

· Onde deve ser realizado

Na intimidade do lar.

 

· Benefícios do Evangelho no Lar

A sua prática produz os seguintes benefícios:

a) Reequilibra os fluidos espirituais do ambiente.

b) Promove a aproximação dos Bons Espíritos

c) Afasta os espíritos inferiores impermeáveis ao esclarecimento.

d) É fonte de esclarecimento para os encarnados participantes, favorecendo o entendimento e a reforma íntima.

e) Proporciona também o despertamento dos desencarnados presentes.

f) Protege a residência contra a invasão de malfeitores desencarnados.

 

· Quando realizar

Os Espíritos Superiores sugerem realizá-lo uma vez por semana, sempre no mesmo dia e horário, não ultrapassando o tempo de 30 minutos. Mas, nada impede que seja feito mais vezes no período considerado.

Quando motivos relevantes não permitirem a sua realização no dia e hora aprazados, será importante fazê-lo na primeira oportunidade possível, sempre mentalizando os bons espíritos para se contar com suas presenças.

 

· Preparação

a) Cuidar para que ocorrências corriqueiras, como visitas, telefonemas, afazeres domésticos e programas de TV, não embaracem a reunião. Vale ressaltar que visitas inesperadas podem ser convidadas a participar dela, ou a aguardar o seu término.

b) Sugere-se ter presente uma vasilha com água fresca para fluidificação e posterior distribuição entre os participantes.

c) Ter à disposição o Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec e/ou outras de conteúdo edificante, como, por exemplo, Caminho Verdade e Vida, Pão Nosso, Vinha de Luz e Fonte Viva,  pelo  Espírito  Emmanuel  e psicografia de Chico Xavier.

d) Pode-se usar fundo musical nos momentos que se julgar adequado.

e) Pode ser realizado em derredor de uma mesa ou em outras situações que propiciem o bom desenvolvimento da reunião, o recolhimento e o conforto necessários.

 

· Como realizar

Garantidos os requisitos preparatórios, a assiduidade, a pontualidade e a disciplina, atender à seguinte ordem:

a) Prece de abertura (o Pai Nosso, ou outra espontânea, nascida da sinceridade e pureza de intenções)

b) Leitura de um texto das obras mencionadas.

c) Comentários sobre o assunto lido, extraindo-se dele lições que contribuam para o progresso moral dos participantes, e aduzindo exemplos ilustrativos, quando for o caso.

d) As etapas anteriores podem ser feitas pelo responsável pela reunião, ou divididas entre os participantes. Cada um poderá, se o desejar, fazer comentários que julgue importante.

e) A impossibilidade de se contar com todos os familiares não deve ser causa impeditiva de se efetuar a reunião, podendo ser feita com apenas um. Nesse caso orar, ler e comentar de forma audível.

f) Prece de encerramento pelo responsável ou outro participante, contendo:

- Agradecimento pelo ensejo.

- Agradecimento pela presença dos bons Espíritos

- Rogatória pela fluidificação da água.

- Rogatória pelos encarnados e desencarnados em sofrimento.

- Rogatória pelo equilíbrio do lar.

- Rogatória por outras situações especícificas a critério do responsável.

g) Distribuição da água fluidificada.

h) Havendo outros estudos que sejam julgados importantes, podem ser feitos logo após o encerramento do Evangelho no Lar, o qual  não deve, como já foi dito, ultrapassar 30 minutos de duração.

 

Osvaldo Ourives

Voltar

buscadaplenitude@gmail.com

Osvaldo Ourives

|

Bel. em direito, auditor aposentado,

Idealizador

professor, palestrante espírita.

Tenha você também a sua rádio